• leonardo
    Cidade: vitoria da conquista
    Música: pode ser qualquer uma
  • vando
    Cidade: itapetinga
    Música: rotina - r. carlos
  • Lúcia
    Cidade: Buerarema
    Música: Bom dia
  • Lúcia
    Cidade: Buerarema
    Música: Cintura de mola qualquer uma
  • Lorena
    Cidade: Buerarema
    Música: Cintura de mola qualquer uma
  • Lúcia
    Cidade: Município de ilhéus
    Música: Cintura de mola qualquer uma
Publicidade Lateral
CHAT ONLINE

Digite seu NOME:


Brasil
Publicada em 16/05/18 às 11:48h - 73 visualizações
PMI deixa Itabuna sem ônibus e mente em nota oficial

RADIO JORNAL DE ITABUNA


 (Foto: RADIO JORNAL DE ITABUNA)

PMI deixa Itabuna sem ônibus e mente em nota oficial, enviada pela Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito de Itabuna à mídia, alegando que "não sabia" que os rodoviários fariam uma assembleia conjunta, na manhã de quinta-feira, para discutir sua campanha salarial. Isso deixou Itabuna sem ônibus entre 5h e 6h30.

A Sesttran mentiu em sua nota, onde também ameaça multar as empresas por não seguir as regras. Temos cópia da autorização da secretaria, assinada pelo Diretor de Transportes Gláucio Costa. Ele confirma o recebimento do Ofício 105/18, do sindicato da categoria, no dia 9.

O documento da Sesttran foi enviado aos concessionários e ao sindicato da categoria. Ele "informa a todos" que, em virtude da assembleia dos rodoviários, os ônibus "entrarão em operação apenas a partir das 6:30".

A decisão imbecil da Sesttran, comandada pelo ex-prefeito de Ibicuí Cláudio Dourado, de aceitar a realização de uma assembleia em horário de pico do transporte, prejudicou milhares de pessoas que chegaram atrasadas ao trabalho ou escola.

Prejudicados

As assembleias dos rodoviários de Itabuna sempre foram feitas em dois momentos, com a classe decidindo em duas reuniões, no turno oposto ao do trabalho normal, para não interromper o sistema de transporte da cidade.

A decisão "sem noção" do secretário, que não tem qualquer experiência no setor, prejudicou todas as empresas de Itabuna, que viram seus funcionários chegando atrasados para o expediente. Algumas tiveram que adiar a abertura.

Alunos, principalmente os que moram longe e precisam pegar dois ônibus, chegaram atrasados nas escolas e faculdades. Quem tinha exames e consultas marcadas perdeu a hora e as próprias operadoras do transporte tiveram prejuízo sem o faturamento deste período. Foto ilustrativa. 




Fan Page

Copyright (c) 2019 - RADIO JORNAL DE ITABUNA - Todos os direitos reservados