Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Cauã Reymond sofre para driblar fama na hora da paquera: 'Gostoso fora do Brasil'

 


Solteiro desde abril deste ano, Cauã Reymond tem enfrentado problemas para lidar com a paquera. Ele admitiu que o fato de ser famoso atrapalha, e ele não consegue estabelecer conexões com outras pessoas. O flerte, inclusive, foi o único fator mencionado por ele quando questionado sobre o ônus da fama.

"Já tem tanto tempo [como famoso] que nem penso no que sinto falta, mas às vezes é gostoso estar fora do Brasil. Eu acho que o lugar de estar solteiro seria mais tranquilo para mim, da paquera", disse o artista, que está separado da modelo Mariana Goldfarb há quatro meses.

O ator estreou na TV em Malhação, nas temporadas de 2002 e 2003, e lida com a fama e as críticas desde então. Hoje, ele consegue reconhecer que não era um bom intérprete no início, mas foi amadurecendo tanto na arte de atuar quanto na forma de lidar com os fãs.

"Durante muito tempo sofri com a falta de privacidade, daí fui construindo ferramentas, como colocar um fone de ouvido, olhar para baixo, andar mais rápido", disse o artista à revista Bravo.

Ainda assim, ele não vê problemas nas abordagens do público: "Fui criado por meu avô, que era um senhor muito simpático. Eu gosto de gente. Só às vezes sinto falta de poder ir a um show", afirmou o galã de Terra e Paixão, a atual novela das nove da Globo --segundo protagonista do ator em dois anos. 

Ele também viveu os gêmeos Christian e Renato em Um Lugar ao Sol (2021), além de ter tido outros papéis relevantes em sua carreira. Dentre eles, destacam-se Thor, de Da Cor do Pecado (2004); Mateus, de Belíssima (2005); Halley, de A Favorita (2008); Jesuíno, de Cordel Encantado (2001) e Jorginho, de Avenida Brasil (2012).

Postar um comentário

0 Comentários

Municípios terão alívio na Previdência