Sul da Bahia mantém saldo de vagas

Itabuna fechou setembro com saldo de empregos de 167 vagas, porém menor que o mês anterior, quando foram criadas 224. No mês, os empregos foram para 103 homens e 64 mulheres, entre 18 e 24 anos, com ensino médio ou superior, o que indica cargos de chefia.

O melhor setor foi o do Comércio, criando 174 novos empregos ajudado pela chegada de novos atacados; seguido de Serviços com 50, Construção com 18 e Agropecuária com 6. O único a fechar negativo foi a Indústria, eliminando 81 postos de trabalho. No acumulado do ano Itabuna está negativa: -254 vagas.

Em Ilhéus, o mês fechou com saldo positivo de 92 novos empregos, bem melhor que a perda de 25 no mês anterior. Porém, o saldo continua negativo no acumulado do ano, em -102. Em setembro, o interessante foi que só 7 postos de trabalho foram para homens, com os outros 85 ocupados pelas mulheres.

No mês o melhor setor foi o de Serviços, com a abertura de 180 novos postos de trabalho. Depois vêm o Comércio com 22 e a Indústria com 8. O pior setor foi o da Construção, que parece perder fôlego e fechou o mẽs eliminando 117 vagas. A Agropecuária perdeu um. Os empregos foram para 18 a 29 anos, com médio.

A Bahia criou 9.854 novos empregos, bem abaixo dos 11.574 de agosto e ainda mais dos 15.666 abertos no mesmo mês de 2022, no governo de Jair Bolsonaro. É uma queda de 35,3% no primeiro ano de Lula (PT). A maior parte das vagas foi para homens, de 18 a 24 anos, com ensino médio.

O setor com melhor desemprenho foi o de Serviços, criando 5.060 novos postos de trabalho. Depois veio o Comércio com 3.385, a Agropecuária com 1.088, e a Construção com 646. O único setor negativo foi o da Indústria, que eliminou 325 vagas. No ano, a Bahia tem um saldo positivo de 77.527.

O Brasil continua abrindo menos postos de trabalho com Lula do que abria com Bolsonaro. Em setembro foram 211.764 contra 278.023 no ano passado. No total dos 9 meses, o governo atual criou 1.609.918, uma queda de 35,39% em relação aos 2.179.740 do último ano de Jair Bolsonaro. São menos 589.822 empregos.

Postar um comentário

0 Comentários